26 de janeiro de 2013

Os divorciados têm lugar na Igreja?





A igreja não condena ninguém, inclusive cabe, a ela acolher o humano, nas suas mais diferentes qualidades.  

Vale lembrar, a posição da Igreja para com os divorciados está de um modo muito claro apresentada por João Paulo II:

“Juntamente com o Sínodo exorto vivamente os pastores e a inteira comunidade dos fieis a ajudar os divorciados, promovendo com caridade solícita que eles não se considerem separados da Igreja, podendo e melhor devendo, enquanto batizados, participar na sua vida. Sejam exortados a ouvir a Palavra de Deus, a frequentar o Sacrifício da Missa, a perseverar na oração, a incrementar as obras de caridade e as iniciativas da comunidade em favor da justiça, a educar os filhos na fé cristã, a cultivar o espírito e as obras de penitência para assim implorarem, dia a dia, a graça de Deus. Reze por eles a Igreja, encoraje-os, mostre-se mãe misericordiosa e ostente-os na fé e na esperança”.

Você conhece alguém divorciado? Está rezando por ele? Deixe sua posição sobre o tema. E não deixe de visitar nossos outros post

Fonte:
João Paulo II, Familiaris Consortio, n. 84.
GAMBARINI, Pe. Alberto. Católico pode ou não pode? Por que?. Ed. Ágape. São Paulo. 2009. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Serão excluídas mensagens de cunho ofensivo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...