21 de abril de 2012

Católico pode doar sangue?



Segundo a Doutrina da Igreja Católica

O Papa João Paulo II alertou os católicos a doarem sangue como gesto de "elevado valor moral e cívico... um presente de vida", e mobilizou a solidariedade dos fiéis. " Dar seu próprio sangue voluntário e gratuitamente é um gesto de elevado valor moral e cívico... que os doadores, a quem todos devem seu reconhecimento, multípliquem-se em todas as partes do mundo.

João Paulo II disse à Federação Italiana das Associações de Doadores de Sangue: "Caríssimos, a doação de sangue é um grande gesto de solidariedade, que chega a envolver os aspectos mais profundos da personalidade humana, empenhando-a em viver a espiritualidade do dom[...]

[...] Para os cristãos significa doar-se a si mesmo a Deus e ao próximo, mesmo até à morte: são estes os verdadeiros vencedores; neste caminho de solidariedade autêntica, e só assim se realiza a vitória luminosa e a única possível, que é a ressurreição.

Conforme a Constituição Federal e a Lei nº 10.205 (Lei do Sangue) é proibido o comércio de sangue. A doação de sangue deve ser altruístra, voluntária e não gratificada direta ou indiretamente.

Portanto doar sangue é uma vontade de Deus consequentemente uma vontade da igreja.

Fonte: Livro O que a Igreja ensino sobre... de Pe. mário M. Coelho, scj. Ed. Cn (Pp.132-133).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Serão excluídas mensagens de cunho ofensivo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...