24 de agosto de 2012

Um não católico pode ser exorcizado?


Sim, os não batizados ou batizados em outro credos podem ser exorcizados. Os exorcismos será uma grande oportunidade para se aproximarem de Deus e da Igreja.
 
Aqueles que pertencem a religiões monoteístas não são obrigados a abandonar sua crença. Por exemplo, se um mulçumano pede exorcismo, não é necessário a fé em Cristo para ser exorcizado. Basta, por outro lado, que aumente sua fé no único Deus Verdadeiro, Criador e Juiz de todos os seres vivos, e viver uma vida justa e adequada a lei natural.
 
Sim, pode-se pedir que ele aumente seu tempo de oração, a oração a Deus, sem exigir que ele ore ou à Virgem Maria ou aos santos, ainda que possa sugeri-lo.
 
No entanto, a alguém que pertence a uma religião politeísma, deve-se exigir como condição para começar o exorcismo que abandone a sua falsa crença, nos deuses e aceite a Deus, ensina-nos o exorcista Padre José Fortea. 
 
Recomendo a leitura da palavra, na qual nos alerta:
 
Revesti-vos da armadura de Deus, para que possais resistir às ciladas do demônio. Pois não é contra homens de carne e sangue que temos de lutar, mas contra os principados e potestades, contra os príncipes deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal (espalhadas) nos ares. Tomai, por tanto, a armadura de Deus, para que possais resistir nos dias maus e manter-vos inabaláveis no cumprimento do vosso dever. Ficai alerta, à cintura cingidos com a verdade, o corpo vestido com a couraça da justiça e os pés calçados de prontidão para anunciar o Evangelho da paz. Sobretudo, embraçai o escudo da fé, com que possais apagar todos os dardos inflamados do Maligno. Tomai, enfim, o capacete da salvação e a espada do Espírito, isto é, a palavra de Deus. Intensificai as vossas invocações e súplicas. Orai em toda circunstância, pelo Espírito, no qual perseverai em intensa vigília de súplica por todos os cristãos. E orai também por mim, para que me seja dado anunciar corajosamente o mistério do Evangelho, do qual eu sou embaixador, prisioneiro. E que eu saiba apregoá-lo publicamente, e com desassombro, como é meu dever! (Efésios 6, 11-20)
Fonte: FORTES, José Antônio. Summa daemoníaca: tratado de demonologia e manual de exorcistas. São Paulo: Palavra & Prece, 2010. P. 178

Imagem: A QUEDA DE ÍCARO – Peter Paul Rubens, 1636-8. Óleo sobre tela. Museu de Arte Antiga, Bruxelas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Serão excluídas mensagens de cunho ofensivo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...