6 de fevereiro de 2011

A Liturgia das Horas


Todo cristão conhece o poder da oração, que o coloca em um contato mais íntimo com Deus. Jesus sempre orava ao Pai em qualquer ocasião: durante a ceia, quando se encontrava agoniado, etc... e nos ensinou a mais sublime oração: o Pai Nosso. A exemplo de Jesus, também nós devemos rezar a todo e qualquer momento, tanto na alegria quanto no sofrimento.

Herdeiros da tradição judaica, somos convidados a rezar várias vezes durante o dia. Existe um livro chamado Liturgia das Horas, cuja leitura constitui uma das várias formas de vivência do mistério de Cristo a partir do ritmo de cada dia (manhã, tarde e noite) e que conduz à santificação do tempo.

O esquema básico é dividido em:

1. ORAÇÃO DA MANHÃ Chamada de laudes, é celebrada com o chegar da luz do novo dia (06:00 horas). Visa consagrar a Deus os primeiros movimentos da nossa alma e mente, antes de nos ocuparmos com qualquer outra coisa, deixando nosso coração regozijar em Deus.

2. ORAÇÃO DA TARDE Chamada de vesperas, é realizada ao entardecer, quando o dia declina para receber a noite (18:00 horas) e objetiva agradecer a Deus pelo bem que recebemos ou fizemos durante o dia.

3. ORAÇÃO DA NOITE Chamada de completas, é realizada antes do repouso (21:00 horas). É uma oração de confiança em Deus e complementa as orações realizadas durante o dia, em especial a oração da tarde. No entanto, o esquema completo da Liturgia das Horas apresenta orações para as 09:00, 12:00 e 15:00 horas, bem como um ofício de leituras, para que vivamos detalhadamente cada momento da presença misteriosa de Jesus entre nós



Data Publicação: 06/02/2008

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Serão excluídas mensagens de cunho ofensivo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...