11 de março de 2010

           
 Experiência que nos falta?
           Ontem(10 de março de 2010) em nossa aula de estágio para professor nossa professora (Profa Claudia) nos trouxe um texto bem interessante que escreve quase que poeticamente sobre as mazelas da sociedade e das nossas “experiências” ou a falta delas. Estou no curso de História e confesso que cada dia estou mais atraído por essa profissão,  por isso acredito que será bem recebido esse trecho que pode nos falar e muito.
“A experiência, a possibilidade de que algo nos aconteça ou nos toque, requer um gesto de interrupção, um gesto que é quase impossível nos tempos que correm: requer parar para pensar, parar para olhar, parar para escutar, pensar mais devagar, olhar mais devagar, e escutar mais devagar; parar para sentir, sentir mais devagar, demorar-se nos detalhes, suspender a opinião, suspender o juízo, suspender a vontade, suspender o automatismo da ação, cultivar a atenção e a delicadeza, abrir os olhos e os ouvidos, falar sobre o que nos acontece, aprender a lentidão, escutar aos outros, cultivar a arte do encontro, calar muito, ter paciência e dar-se tempo e espaço.” (Jorge Larrosa Bondía)*

Acredito que pouco há de se falar, parece poetico mas deveria ser real!!! Um reflexão!!!

FOTO: Jailson uriel Zanini (30/01/2010, calçadão de Londrina-PR)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Serão excluídas mensagens de cunho ofensivo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...